Descubra as tradições do Qatar

As tradições do Qatar

O Qatar é um país com tradições centenárias, da tradicional colheita de pérolas, passando pelas Majlis e até o “ouro líquido”. Conheça um pouco das principais tradições do Qatar.

Leia mais:
Veja aqui como chegar no Qatar saindo do Brasil ou de Portugal
Onde ficar em Doha: veja os melhores hotéis


As tradições do Qatar


As Majlis

As Majlis são salas comunitárias do povo e estão diretamente ligadas ao núcleo social da vida no Qatar. Nestas salas – na grande maioria lugares masculinos, embora existam salas mistas ou femininas – são usadas para encontros sociais ou a discussão de assuntos urgentes. Geralmente as Majlis estão localizadas nas entradas das casas, são lugares para receber visitas, sem que estas tenham que entrar no espaço particular das residências. 

Por ser considerada uma das partes mais importantes das residências, as Majlis são bem decoradas. Com muitos tapetes e lugares para se sentar, nas Majlis das residências mais ricas encontramos grandes janelas e vitrais. 

Como parte da hospitalidade catari, são oferecidas tâmaras e café árabe servido em uma cafeteira de formato característico, a dallah, em xícaras pequenas e sem alças, a finjan.

Apesar de ser um espaço reservado para o povo catari, convidados são bem-vindos. No Souq Waqif em Doha existem Majlis públicas, onde o visitante ocidental pode visitar livremente, basta se vestir de forma apropriada.

As tradições do Qatar
Majlis

O jeito de se vestir

À primeira vista, pode parecer que os povos árabes se vestem da mesma maneira. Entretanto, existem diferenças de um país para outro ou até mesmo entre as regiões. As roupas tradicionais dos povos islâmicos nos dias atuais são praticamente as mesmas usadas pelas tribos de beduínos que viviam na região no século VI. Trajes que suportavam dias escaldantes e as noites frias do deserto. Protegendo a pele do sol implacável e do vento frio.

A vestimenta típica do Qatar é um dos itens mais tradicionais da cultura do país. A roupa masculina tradicional se chama kandura, uma túnica branca longa, sempre impecável. Na cabeça eles usam o lenço que é chamado de ghutra, que vem amarrado com uma corda preta, o agal. Nos pés eles usam uma sandália de couro, preta ou marrom. Geralmente eles usam também um pano por baixo da roupa e na altura da cintura para evitar transparências.

A roupa feminina se chama abaya, longas vestes pretas que geralmente cobrem suas roupas comuns e são usadas apenas em público. O lenço usado na cabeça é a sheyla ou o Hijab. Algumas cobrem a boca com um lenço fino e as mais antigas ainda podem usar uma máscara de aparência metálica que cobre todo o rosto, a batulah. As anciãs ainda costumam usar a burca, que cobre completamente o corpo e rosto.

As tradições do Qatar
Jeito de se vestir

Cultivo de tâmaras

As tamareiras são a principal árvore frutífera cultivada no Qatar e o país é o sexto maior produtor de tâmaras do mundo. O fruto, conhecido como kholas, é consumido principalmente desidratado para acompanhar o tradicional café arabe, uma expressão simbólica da hospitalidade do povo catari. Da fruta também é extraído o xarope de tâmaras, que é consumido há séculos na península arábica.

As tradições do Qatar
Cultivo de tâmaras

Café árabe

O café árabe servido no Qatar é uma verdadeira experiência olfativa. Preparado a partir de grãos verdes selecionados, ele tem a adição de especiarias como açafrão, cardamomo, cravo e folhas secas de shaiba, uma erva aromática natural do Oriente Médio. 

A bebida de tom dourado é conhecida como qahwa e não lembra o café que estamos acostumados no ocidente. Esqueça grandes xícaras ou canecas, ele é servido em pequenas xícaras sem alça chamadas de finjan e são acompanhados de tâmaras, as kholas. A função das tâmaras é adocicar o café na boca, pois ele é servido sem adição de açúcar.

Nas casas mais tradicionais, a elaboração do café árabe é um ritual centenário que vem desde a época em que os nômades beduínos migravam através da península arábica. Alguns mais tradicionais consideram a versão instantânea da bebida vendida nos supermercados uma verdadeira ofensa a uma tradição tão importante para a cultura do Qatar.

As tradições do Qatar
Café árabe

Bukhoor

O Bukhoor é uma espécie de incenso muito tradicional no Qatar. Basta andar por Doha e sentir o aroma amadeirado sair das casas ou dos becos do Souq Waqif. O Bukhoor é feito a partir de madeira e perfumada e é queimado em incensários, dos mais elaborados aos mais singelos. 


Os Dhows e a colheita de pérolas

Basta uma caminhada pelo Corniche em Doha para notar uma infinidade de pequenos barcos de madeira no mar. Os Dhows, cujo desenho não mudou em séculos, era a principal ferramenta de trabalho do povo catari nos séculos 18 e 19, com a pesca e a colheita das pérolas, a primeira economia do Qatar.

Hoje os barcos são usados para passeios agradáveis no mar do Qatar, mas também são usados em animadas festas nas noites de sexta-feira, dia que é como o domingo para os ocidentais.

As tradições do Qatar
As tradições do Qatar: os Dhows e a colheita de pérolas

Ouro líquido

O Oud, conhecido na região do Oriente Médio como “ouro líquido”, é um elemento aromático presente na cultura do Qatar há séculos. O Oud é produzido a partir da resina escura extraída da madeira de agar, proveniente das árvores do tipo aquilárias.

O aroma pungente, amadeirado e por sua vez terroso, é, inclusive, a origem do nome da cidade de Hong Kong, que significa Porto Perfumado em cantonês. Mais cara que ouro, por conta de sua raridade, é o componente que ajuda a compor a fragrância dos tradicionais perfumes árabes. É também usado como incenso em cerimônias importantes da cultura Catari.

As tradições do Qatar
Ouro líquido

Reserve um passeio no Qatar



Navegue pelas tags
Outros artigos escritos por Fabricio Moura

Consumo de bebidas alcóolicas no Qatar

É proibida, tanto a venda, quanto o consumo de bebidas alcoólicas no...
Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *